Estudar fora: o que preciso?

ESTUDAR fora

Olá! O assunto é muito pesquisado na Internet. Bom, o que você precisa é definir se está procurando fazer um intercâmbio de curta duração ou participar de um programa de estudo em uma universidade.

Se é intercâmbio, uma agência já resolve. Mas , se busca estudar em uma faculdade ou universidade, vai precisar de fazer um exame TOEFL. Deixo aqui um link de um site que vai ajudar muito! Aqui você encontra informações e testes simulados para o TOEFL e informações de programas de intercâmbios em escolas e universidades.

Até a próxima! 😀

Persistência e Atitude

tufts

Eu tinha 20 anos e, morando nos EUA, resolvi me inscrever para um curso de extensão na Tufts University (MASS). Meus amigos me disseram que era muito difícil conseguir uma vaga, mas eu fui assim mesmo e fiz minha inscrição para o curso, e também para isenção de pagamento, com base na verba financeira do governo direcionada à Tufts. O tempo passou, e meses depois, eu recebi uma carta, dizendo que eu havia sido selecionada para o Fall Program –as escolas e universidades separam os cursos por estações: Fall, Winter, Spring e Summer.

Fiquei superfeliz. Só que a carta chegou quando eu estava vivendo uma outra fase da vida: eu estava grávida, e quando as aulas começassem eu estaria entrando no sétimo mês de gravidez. Então as pessoas começaram a me falar que eu não tinha ideia de como os últimos meses de gravidez eram difíceis, e que eu não conseguiria uma licença, e se eu conseguisse, como deixar um recém-nascido para estudar??? Detalhe: a universidade ficava a dez minutos de carro da minha casa, praticamente em linha reta, 20 minutos de ônibus, e eram 03 noites por semana, durante duas horas e meia! E detalhe: eu não ia pagar nada pelo curso!!!

Mas, nenhuma dessas facilidades me convenceu e eu nem fui lá conversar, tentar ver o que podia ser feito, eu nem comecei, só pra tentar, e depois dizer que ao menos tentei, tudo que eu fiz foi chorar, e muito!

A lição: me faltaram persistência e atitude, ingredientes essenciais para execução dos projetos pessoais e profissionais. Agora, um conselho: não escute os outros quando você tem certeza de que a oportunidade é sua, quando sabe que tudo conspira a seu favor, mas existe dificuldade no percurso. Dificuldades sempre existirão. Eu enfrentei dificuldades muito maiores depois disso, fui forçada a lidar com situações em que a única alternativa era lutar. Hoje, este curso encaixaria muito bem no meu currículo…

Estes dias, escutando comentários negativos, me lembrei dessa história, e refleti bastante. Deixei de lado as reservas, já que sou uma pessoa reservada e raramente compartilho minha vida pessoal, e resolvi deixar aqui minha experiência pra quem é mais jovem, e vai se deparar com situações semelhantes. 🙂