Intercâmbio na Irlanda: quanto custa?

20180723_183325 (1).jpg

Hi guys! Long time no see! 😀

Já faz um tempo que não escrevo no blog, mas por um bom motivo: no último mês de julho, participei de um intercâmbio em Cork, na Irlanda. Foi o primeiro intercâmbio do curso Way Idiomas, no total 04 pessoas, e foi o meu segundo, já que havia feito um de espanhol em Santiago/Chile, em 2008.

Bom, foi uma experiência incrível levar os alunos para estudar na Irlanda, e também poder testar a escola, as acomodações, e claro, os cursos na Cork English College.

Primeiro, fomos para Dublin, a capital e passamos o fim de semana lá. Bom, queriamos conhecer a capital, mas se o aluno quiser pode pegar o voo direto para Cork. Depois que chegamos em Cork, começamos a fazer alguns tours pelas cidades vizinhas… e na volta passamos em Amsterdã, mas vou ter que dedicar outros posts à estas andanças porque pretendo falar mais sobre valores neste.

Para começar, viajar para a Europa anda muito caro por causa do Euro, já que o Real tem se desvalorizado muito nos últimos meses, então se você quer mesmo fazer um intercâmbio, te aconselho a começar a se preparar já! A primeira coisa que você deve fazer é pagar pelo curso, que já inclui o material didático e a acomodação e alimentação (segunda a sexta, café da manhã e jantar), e todas as refeições durante o fim de semana. O curso pode ser pago com uma entrada de 30%, e parcelar o restante, ou seja, um total de 1.180,00 euros para Cork. Este valor era para acomodação em host family, mas você pode escolher ficar em um apartamento compartilhado com outros estudantes.

Se você precisar de pegar ônibus, deve gastar entre 15,00 e 20,00 euros por dia– eu gastava 4,60– isto porque o almoço pode custar entre 3,50 e 15,00, depende muito do que vai comer.

Os tours custam em média 20,00 euros, e com a carteira de estudante, você tem descontos que variam entre 2,00 e 5,00 euros. Em outro post, vou contar quais os mais interessantes, mas é claro que a minha opinião, sendo que você pode achar tudo bem legal, né?

Bom, a passagem varia entre 3,500 e 6,000, depende muito da época em que vai viajar, ou a antecedência que é comprada. Como eu mencionei no começo do post, tudo depende do seu planejamento. Para um intercâmbio de 15 dias, somando passeios, alimentação extra e os souvenirs, eu aconselho levar 600,00 euros para não ficar preocupado se vai precisar de dinheiro durante o tempo que estiver fora. Em relação à acomodação, o aluno pode pedir para ficar em um local mais próximo, para economizar o dinheiro do ônibus, eu já tinha feito outras exigências (casa mais nova, sem ácaro, sem animais, e local mais tranquilo), então não queria parecer a “chata”, já que sou bem legal, rsrs.

Por enquanto é isso, espero que tenha ficado animado com a ideia de fazer um intercâmbio. Para mais notícia e fotos e Lives sobre intercâmbios (em breve teremos a opção Canadá), segue a gente lá no Instagram @way_idomas, ou YouTube: Way Idiomas.

See you soon!

 

Aprendendo inglês com séries

É possível aprender inglês assistindo séries? Sim.  Você pode aprender assistindo com a legenda em português, para começar, e depois com a legenda em inglês, quando já tiver se acostumado aos sons da língua. Mas, lembre-se que é importante ler também porque assim vai ter um vocabulário mais variado, já que o inglês das séries é sempre coloquial, ou seja, informal.

Ter um inglês comunicativo em vários ambientes é muito importante, já que você pode precisar comunicar-se em várias situações, desde viagens à entrevistas de trabalho, palestras, etc. Se tiver condições de fazer um curso, escolha bem, já que muitos cursos ‘cool’ não se preocupam com a qualidade mas sim com tendências, festinhas, e atividades não relacionadas ao ensino só para ganhar seu dinheiro. Procure cursos que combinem custo e benefício, mas sempre de olho na qualidade: o curso tem professores com certificação? Trabalha com material didático de editoras internacionais? Te oferece uma metodologia bem fundamentada ou não sabe nem o que são as metodologias de ensino e aprendizagem?

Deixo abaixo um episódio do canal Aprenda Inglês com Séries.

😉

Como aprender Inglês melhor em 3 passos

STUDY TIPS

Bom, para começar devo esclarecer que os passos foram escritos primeiramente em inglês porque fazem parte da metodologia do curso Way Idiomas/GV. São 7 os passos transmitidos aos alunos durante o curso, e que também podem ser usados durante a aprendizagem de qualquer outra língua, mas por agora vamos falar apenas dos 3 primeiros.

Step # 1: Talk about yourself — in English!

As pessoas adoram falar de si mesmas, umas gostam mais, outras menos… o importante é falar. Aulas no formato em grupo são ótimas para interação, só se deve ter o cuidado de fazer o curso em um grupo de faixas etárias próximas para que a experiência de cada aluno seja compartilhada sem maiores problemas: você não vai querer falar de uma situação que pode não ter nada a ver com o assunto de seu colega que tem 12 anos de idade (e você 30!), ou o contrário.

Então aproveite e fale sobre você em aula, fale sobre o fim de semana, uma viagem que fez ou gostaria de fazer… mas em INGLÊS! 😀

Step # 2: Do your homework, so you have time for chatting in class

Este passo tem tudo a ver com o primeiro. Todos sabem que fazer o dever de casa é importante, aqui você tem mais uma razão para fazê-lo: vai sobrar mais tempo em aula para bater papo em inglês. Em um grupo com 8 alunos, se a metade fez o dever de casa, e os outros ficam copiando ou tirando a dúvida que surgiu a respeito da resolução do exercício, a correção pode demorar até o dobro do tempo… a dúvida tem que estar ligada ao conteúdo ensinado, e ela sempre aparece durante a realização do exercício-que deve acontecer em momentos de estudo. Lembre-se, você tem até 72 horas depois da aula para fazer o homework, principalmente se for aluno iniciante, se deixar para fazer tudo 5 dias depois na hora de ir para a aula, pode ser que nem se lembre mais da explicação sobre a matéria ou sobre o próprio procedimento exigido pelo exercício.

3. Look up the words you don’t know in advance.

Procure o significado das palavras que você não conhece antes mesmo da aula acontecer. Ou seja, olhe a página ou tópico a ser estudado. Isso prepara sua mente para receber a explicação dada pelo/a professor/a. A tendência é esquecermos aquilo que foi dito, mas quando lemos no dicionário e anotamos, ou pelo menos, tentamos prever o significado da palavra ou expressão, nosso cérebro ‘aceita’ a tradução ou compreensão da palavra com mais facilidade porque houve um esforço cognitivo na tarefa. Assim a aula vai render mais e você vai ter mais tempo para falar inglês!

Então fico por aqui!

🙂