Inglês Instrumental? Quem precisa disso?

FOTO INTR 2

Olá pessoal! Vamos esclarecer as coisas: inglês instrumental significa que a língua inglesa é o instrumento para a pessoa conseguir determinado objetivo específico, que atenda uma necessidade imediata, então temos inglês instrumental para leitura, provavelmente o mais conhecido, para conversação (por exemplo com foco em uma entrevista ou viagem) e para escrever. A leitura é o objetivo mais rápido de se atingir, e sem dúvida o mais necessário aqui no Brasil, já que os estudantes e profissionais estão em constante contato com textos em inglês.

Existem poucos cursos no mercado direcionados ao inglês instrumental, e como já trabalho com esta modalidade de ensino há mais de 15 anos, então criei um curso, o Way Smart que está fundamentado em aspectos necessários para um aprendizado eficaz. Selecionei pontos importantes no inglês que são essenciais à leitura e interpretação de textos, além das estratégias.

São 08 módulos, com videoaulas e exercícios, além de resolução de provas de Mestrado/Doutorado no último módulo. Cada módulo trata de um componente importante para a leitura.

Quer conhecer a proposta e MÓDULO GRATUITO – COMEÇANDO DO ZERO? CLICAR AQUI

CURSO ONLINE WAY Smart

Assista o vídeo abaixo (que foi feito para o canal Way Idiomas no YouTube). Neste vídeo eu dou dicas importantes para conquistar a aprovação na prova de inglês para o mestrado ou doutorado. Aproveita e se inscreve lá no Canal!

Preposições em inglês: como acertar?

PREPOSITIONS

Bom, as preposições em inglês são um problema para muitos alunos brasileiros. Mas, o que são preposições? São aquelas palavras, curtinhas em sua maioria, que você vê toda hora rs… nada técnica esta explicação! Ok. Vamos aos exemplos: in, on, at, with, to, for, without, from… As preposições de tempo/lugar mais comuns são IN, ON, AT. Vamos aos usos:

Tempo (time) – antes dos dias da semana e datas completas:

I go to the gym on Mondays and Wednesdays. (Eu vou à academia nas segundas e quartas)

My birthday is on May 10th.

Antes de meses e anos: She moved here in September. (Ela se mudou em setembro)

She started working here in 2015. (Ela começou a trabalhar aqui em 2015)

Antes de horários: The meeting starts at 5:30. ( A reunião começa às 5:30)

Lugar (Place) – Locais fechados e territórios delimitados, que não sejam abertos ( há exceções!):

I live in Brazil. (território)

I was in the bank and couldn’t answer the phone. (Eu estava no/dentro  do banco e não pude atender o telefone)

Lugares abertos: praias, fazendas, montanhas…

I was on the beach all day (eu estive na praia o dia todo)

The boat is on the island already. ( O barco já está na ilha)

Veja a diferença: People in the island… (As pessoas na ilha – falando dos habitantes que vivem no território)

Locais em geral, falando de localização, especialmente antes de nomes próprios:

I was at the university/ at Unicamp.

People were waiting at the church. (As pessoas estavam esperando na igreja – localização, geralmente seguido por the)

Veja a diferença: People were waiting in church during the storm. (As pessoas estavam esperando na (dentro) igreja durante a tempestade)

O mais importante para aprender é sempre prestar atenção nas frases faladas ou escritas, notando os diferentes usos.

Para dicas de como usar as preposições com verbos e aprender a diferença entre TO e FOR, assista meu vídeo.

Por que ler em Língua Inglesa?

Slide1

We learn to read by reading (Frank Smith)

Curso online Leitura em Inglês

Diante das enormes e constantes transformações decorrentes dos avanços tecnológicos, nossas vidas experimentam diariamente os impactos da tecnologia no mundo do trabalho, nos estudos e nas relações sociais. Se mencionarmos a necessidade que as pessoas têm hoje de ir a vários lugares, o conhecido ditado “quem tem boca vai a Roma” poderia ser modificado, e teríamos ‘quem tem boca – e fala inglês – vai a Roma, e também a vários outros lugares” . Em entrevista recente a Veja, Marco Antônio Zago, reitor da USP, afirma que “na escala de preocupações, o desconhecimento da língua inglesa pelos alunos ocupa hoje o primeiro lugar” porque o “ Inglês é a ferramenta de que eles precisarão para trabalhar globalmente”. Zago ainda comenta o frustrante retorno de 110 alunos do programa Ciência sem Fronteiras ao Brasil, por não terem fluência em inglês: “não podemos nos esquivar do problema. Quando o graduando receber o diploma, ele trabalhará em uma sociedade global em que o inglês é necessário.” Aqui a preocupação é de forma mais ampla e evidencia a necessidade da competência linguística, porém se o estudante tiver uma boa leitura em inglês, terá uma boa produção escrita e oral também para conseguir avançar em um mercado de trabalho que tem exigido cada vez mais investimentos no aperfeiçoamento, na capacitação e na contínua aquisição de conhecimento.

Hoje vivemos globalmente, compartilhando ideias, produtos, enfim conhecimento, e se o profissional  já fala um pouco de inglês, pode melhorar, e se não fala, deve ao menos ler em inglês. Por isso a leitura em língua inglesa é tão necessária, pois Segundo Christine Nutall, “The best way to improve your knowledge of a foreign language is to go and live among its speakers. The next best way is to read extensively in it.”(“A melhor maneira de aprimorar seus conhecimentos em uma língua estrangeira é viver entre seus falantes nativos. A segunda melhor maneira é ler extensivamente nessa língua.”

A leitura em língua inglesa é o caminho mais rápido para o profissional que deseja obter uma formação continuada mais completa, bem como o acesso ao conhecimento disponível a nível internacional, além dos textos, acervos, e mídias que se encontram na Internet. Entre os cursos já disponíveis no mercado, uma ótima opção são os cursos a distância porque favorecem o aprendizado em um mundo onde as pessoas têm cada vez menos tempo, e oferecem flexibilidade de tempo e de ambientes de estudo, além disso, o aluno desenvolve sua autonomia para aprender. Então, as oportunidades para aprender se ampliam, e quem não pode fazer um curso no formato presencial tem a oportunidade de aumentar seus conhecimentos em língua inglesa ao fazer cursos online.

Continue Lendo “Por que ler em Língua Inglesa?”