Qual o melhor dicionário de espanhol ou inglês para fazer a prova de proficiência?

Vou recomendar dicionários impressos para você levar/usar quando realizar a prova de proficiência em espanhol ou inglês.

O primeiro da lista é o dicionário Santillana – espanhol/português para alunos brasileiros, o preço dele está em torno de 60,00.

O segundo é o Sí – Larrousse – Espanhol / Português para alunos brasileiros.

Não compre nenhum dicionário mini – escolar, eles não vão te ajudar porque são super limitados.

Para estudar online, recomendo o https://www.wordreference.com/

Para o inglês, recomendo o dicionário Oxford Escolar para alunos brasileiros, ele é excellente. Não compensa comprar com CD-Room.

O próximo na minha lista é o Longman Dicionário de inglês – bilinque. Atenção! Não compre o mini, vai perder dinheiro e passar raiva!

Para uso online, recomendo o Word reference e o Cambridge Dictionary.

Comprando pelos links do Amazon (Oxford e Longman), você ajuda este site!

MÓDULO GRATUITO INTRO curso de espanhol instrumental

MÓDULO GRATUITO INTRO curso de inglês instrumental online

Veja os vídeos abaixo. Aproveita para se inscrever no canal!

APRENDER INGLÊS FAZ PARTE DAS SUAS RESOLUÇÕES PARA 2021?

As grandes mentes têm propósitos; as outras têm desejos.

Se sua resposta é sim, você precisa, antes de mais nada, de 02 coisas básicas para começar a aprender: tempo e determinação. Ah! Dependendo da velocidade que você quer obter resultado, você também precisa de um teacher / curso (aha!), e consequentemente de dinheiro para pagar pelas aulas.

Há muitos sites, canais no Youtube, contas no Instagram ou Facebook, oferecendo conteúdo de graça, então se você já não é mais iniciante, dá pra pegar carona e ir aprendendo. Mas, se você quer sair do amadorismo e relamente se tornar fluente em inglês ou outro idioma, tem que buscar ajuda especiallizada e, acima de tudo, profissional.

O mais importante nisso tudo é sair do palno dos desejos e começar a colocar o plano de aprender inglês de verdade em prática! Happy 2021!

Seguir Way Idiomas no INSTAGRAM

Seguir no YouTube

Seguir no FACEBOOK

Very: saiba quando usar!

very

Olá! 😀

Neste post eu vou explicar o uso da palavra very.

Quando estamos aprendendo um idioma pensamos na tradução para depois usarmos a palavra, certo? Bom, eu já fiz muito isso… esse negócio de falar que a gente (teacher) pensa em inglês é verdade sim, mas isso é prática (tipo ‘…algum tempo depois de tanto traduzir tudo mentalmente’, rs rs), no início pensamos em português também… mas voltando ao assunto, isso atrapalha muito! Você traduz very, e pensa: ‘muito, muita’, logo ‘muitos, muitas’, aí a coisa complica!

Bom, vamos lá! Very é usado antes de adjetivos ou advérbios, se você não sabe o que significam essas classes gramaticais em português, eu explico:

Adjetivos caracterizam ou modificam substantivos: Casa bonita 

Já os advérbios fazem ‘parceria’ com os verbos: Ele fala rápido

Voltando ao inglês: Very beautiful (Muito bonito/a) ou very fast (muito rápido)

Para substantivos usamos much, many, a lot of:

Nilza eats a lot of candy. (Nilza come muito doce)

She doesn’t make much money. (Ela não ganha muito dinheiro)

I don’t know many people in São Paulo. (Não conheço muitas pessoas em S.P)

Com verbos usamos a lot quando a frase for afirmativa: Paul works a lot! (Paul trabalha muito)

Na negativa usamos much:

Katia isn’t sleeping much this week. (Katia não está dormindo muito esta semana)

Very também pode ser usado antes de substantivo… sim! Porém tem significado e função diferentes, geralmente para enfatizar algo, assim prefiro não traduzir porque fica estranho em português:

You know the door to my very soul (você conhece a porta para minha ‘própria’ alma???)

http://www.azlyrics.com/lyrics/beegees/howdeepisyourlove.html

Ainda: The very heart of the city (o coração exato/mesmo ??? da cidade)

http://www.merriam-webster.com/dictionary/very

Bom, o mais importante é pensar antes de usar o very… isso mesmo, pensar! Depois de um tempo você não vai mais precisar pensar para escolher a palavra certa em inglês…mas para isso vai ter que estudar… ou pode continuar mandando very para qualquer situação. Depois dizem que o inglês tem o vocabulário muito reduzido…nada é tão simples como parece!

Keep calm and study! 😀

Quer aprender a ler em inglês para provas de mestrado ou doutorado? Ou quem sabe vai fazer um concurso público… conheça nosso curso de Inglês instrumental

Já conhece meu canal no YouTube?

Quando usar DO e MAKE?

Você que está começando a estudar inglês ou, talvez, já estuda há um tempinho deve estar se fazendo esta pergunta. Abaixo temos algumas ‘collocations’ ou combinações que podem ser feitas. Te sugiro assitir o vídeo do nosso canal no YouTube sobre o tema para aprender a memorizar estas combinações.

Make a mistake (cometer um erro)

Make an excuse (dar uma desculpa)

Make time (arrumar tempo)

Make a list (fazer uma lista)

Make dinner (fazer o jantar)

Make breakfast é aceitável mas há verbos melhores para dizer isso: prepare ou fix breakfast (*vídeo).

Do homework

Do a test (assista o vídeo para entender melhor)

Do harm (causar prejuizo)

Do your best (fazer seu melhor)

Do your hair (arrumar o cabelo)

Do a favor (fazer um favor)

Como passar na prova de proficiência?

Se você quer passar na prova de proficiência em inglês, você deve começar a ler logo!

Isso mesmo, o objetivo deve ser a leitura, nada de estudar pronúncia.

No vídeo abaixo te explico o porquê e também te mostro 02 erros que podem te afastar

da aprovação na prova de proficiência em inglês.

Você se enrola quando lê em inglês ? Descubra um dos motivos neste post!

word order

 

Olá pessoal! 😀

Neste post eu vou falar um pouco sobre grupos nominais ou a ordem das palavras em inglês, que é muito diferente  do português.

Quando comecei a ler em inglês, eu me enrolava toda com essa ordem. Aproveito para deixar também o site para conhecerem a proposta do curso. Vocês podem começar o curso em qualquer época!

Como ler grupos nominais?  assista o vídeo 

 

 

 

 

Por que as palavras ficam invertidas em inglês?

Você já reparou como as palavras em inglês ficam em uma ordem diferente?

Esta inversão acontece quando uma característica é adicionada a um substantivo, como a frase Yellow house, porque a característica cor deve vir antes do substantivo, ou ainda quando existe uma relação de posse, pertencimento, parentesco ou outra ligação entre dois substantivos. Assim, temos o chamado possessive case ou genitive case em inglês:

A casa de Joana: Joana’s house.

Para saber como usar o Possessive Case em inglês, assista o vídeo abaixo. Nele a professora Gean Carla explica os usos do apóstrofo.

Podcast: Pronúncia dos verbos irregulares em inglês

verbs

Olá! 😀

Sabe aquela lista de verbos irregulares em inglês que o/a professor/a vive pedindo para você memorizar? Então, preparei uma lista para você e o áudio dos verbos aqui para você aprender a pronunciar! A pronúncia do inglês é muito diferente do que lemos… então repetir com atenção é muito importante. Se você está em um nível pré-intermediário do inglês (mais ou menos entre 12 e 18 meses) a um nível avançado, mas que aprender a pronunciar melhor, faça sua inscrição no curso Clear – pronúncia em inglês , totalmente online, e aprenda a se comunicar com clareza e segurança.

A melhor maneira de aprender os verbos é fazer frases com eles, principalmente frases que tenham a ver com sua vida, e frases que façam sentido! Nada de frases tipo ‘eu sou um urso, uma vaca, etc’–tenho utilizado o Duolingo (é muito bom e divertido, rs) para aprender francês e tenho que repetir frases desse tipo! 😦

Bom, o áudio é para ajudar na pronúncia, já que a maior parte dos livros de inglês trazem a lista sem áudio e tradução, então resolvi preparar a ‘minha lista’, que agora é sua também! 🙂

Conhece o nosso e-book Power Up your English – Guia para aprender vocbulário em inglês?

Quer doar e ajudar o Blog?

Baixe o áudio: PODCAST VERBOS IRREGULARES

VERBOS final

É possível perder o sotaque?

DSC_1128

Esta é uma preocupação de muitos estudantes de idiomas. Vou falar aqui de forma específica, do inglês, mas vale para qualquer idioma porque estamos falando do sotaque brasileiro que a gente leva para o segundo ou terceiro idioma.

Fiz um vídeo de introdução para o mini-curso online Clear – Pronúncia em inglês (você pode se inscrever para ser avisado sobre uma nova turma)e vou deixar parte dele aqui, mas já te adianto que você precisa melhorar sua pronúncia e não perder o sotaque, porque os falantes nativos também falam com sotaque. Ninguém deve ter medo ou vergonha de falar um idioma por causa de sotaque…

Uma dica que deixo para você melhorar sua pronúncia é gravar sua voz, com o celular e ouvir, comparando com o áudio original (pegue um áudio de um livro ou até mesmo de um podcast, ou quem sabe o próprio recurso do Google que te dá a pronúncia de frases curtas). Faça isso várias vezes até que sua pronúncia se aproxime bastante do áudio gravado pelo nativo. Para fazer este exercício use também aplicativos:

  • English Speaking Practice
  • English Listening and Speaking

Se quiser saber mais sobre o mini-curso e participar da turma, clica aqui.

Change or exchange? Qual a diferença?

Esta é uma dúvida que também já tive!

Aos 19 anos de idade fui viver nos EUA e uns meses depois da minha chegada precisei trocar um item comprado em uma loja. Então, entrei na loja e falei: “I’d like to change this shirt”. A moça olhou pra mim e disse: “Do want to exchange it?”. Assim mesmo! Então, a dica é a seguinte:  quando você ouvir alguém repetindo o que disse de forma diferente, alerta vermelho, você ‘deu bobeira’ 🙂 . Bom, na volta pra casa fiquei me perguntando porque ela trocou o verbo… e depois de perguntar aqui e ali para meus amigos brasileiros, inclusive aqueles que ainda estavam no High School, consegui entender a diferença.

Então vamos lá! Retirei do Merriam-Webster Online–meu dicionário favorito!– algumas definições para a palavra exchange:

to return (a product) to a store and have it replaced by another product : to trade (something that has been purchased) for something else <exchanged the shirt for one in a larger size>

Ou seja, a definição acima refere-se à troca de um item por outro. Para serviços usamos a palavra  permuta em português.

Outro exemplo é quando falamos de moeda:

(1) :  interchange or conversion of the money of two countries or of current and uncurrent money with allowance for difference in value

http://www.merriam-webster.com/dictionary/exchange?show=0&t=1410645921

Para compreender melhor, vamos ver alguns usos para a palavra. Temos os programas de intercâmbio (exchange programs), onde há a troca cultural entre a pessoa que vai estudar em outro país e as pessoas que a recebem. Muitas vezes também duas instituições de ensino possuem programas de intercâmbio de alunos ou professores…

Existem também os programas de troca de casa (https://www.homeexchange.com/en/). Um destes programas inspirou a diretora e roteirista do filme O Amor Não Tira Férias (The Holiday). Durante as férias, Nancy Meyers descobriu, na internet, um site para troca de casas para temporada ao redor do mundo, e então teve a idéia para o roteiro do filme. Aliás, recomendo o filme para quem quer testar o listening— sotaques britânico e americano.

Para saber mais, leia a sinopse: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-60426/

Para terminar, às vezes, o verbo change pode ser usado como exchange:

“They changed seats with each other” ou “They exchanged seats”,  ou ainda “They switched seats”.

Mas, tudo depende muito do contexto, e para isso a melhor opção é ficar atento à maneira como as frases são construídas.

Espero que tenha ajudado! 😀

Quer aprender a ler em inglês para provas de mestrado ou doutorado? Ou quem sabe vai fazer um concurso público… conheça nosso curso de inglês Inglês Instrumental